Entenda os reais impactos de um calote para o seu negócio

Gestão
calote

Calote é o termo utilizado para se referir ao não pagamento de uma dívida, seja de maneira intencional ou não. Em alguns casos, ele pode ser visto como golpe de um comprador que não pretende pagar pela sua conta. No entanto, também pode acontecer por outros motivos, como imprevistos financeiros dos clientes.

Apesar disso, um negócio que deseja prosperar deve estar preparado para se antecipar a esse tipo de situação. Não basta aumentar as vendas para garantir melhores rendimentos financeiros. É preciso se antecipar e proteger o fluxo de caixa de eventuais percalços, evitando a inadimplência e preservando a relação com os clientes.

Se você quer entender melhor como o calote pode afetar sua empresa e comprometer seus resultados, fique conosco. Boa leitura!

Como um calote prejudica a sua empresa?

Para compreender os impactos gerados pelos calotes, vamos considerar dois exemplos:

  • Ex 1: um sapateiro pegou um par de sapatos para consertar, comprou os materiais, usou seu tempo para realizar o serviço, mas o cliente não voltou para buscá-lo nem pagou pelo conserto;
  • Ex 2: um organizador de festas entregou um evento de casamento e a noiva não lhe pagou. Assim, teve que usar toda sua reserva para pagar os fornecedores e agora só pode pegar novos serviços com pagamento adiantado.

São duas situações complicadas e frequentes na realidade de muitos empresários. Além disso, elas também têm outro fator em comum: são extremamente prejudiciais para o negócio. Confira a seguir os principais impactos negativos provocados por essa situação.

Fluxo financeiro

Os calotes também têm um efeito significativo sobre o fluxo financeiro da empresa, desorganizando o controle e o pagamento das próprias contas. Isso pode gerar prejuízos graves.

Com o menor fluxo de dinheiro entrando, a empresa pode enfrentar períodos difíceis, tendo menos dinheiro disponível e, até mesmo, caindo na sua própria inadimplência com fornecedores. O resultado é uma reputação arranhada e uma certa dificuldade para estabelecer novas parcerias.

Lucratividade

O objetivo do negócio é crescer e se tornar lucrativo. Por isso, quando existe uma situação de inadimplência, a sua saúde financeira fica comprometida, obrigando a utilizar o que seriam os lucros para honrar as dívidas. Assim, apesar de não receber o pagamento, a empresa continua tendo que arcar com os custos pelo produto ou serviço prestado.

O ideal é que ela consiga negociar suas contas e pagar o máximo possível à vista, com desconto. A partir disso, é preciso se planejar para ter sempre uma reserva disponível, garantindo que o dinheiro flua livremente para dar conta das necessidades do empreendimento.

Investimentos e expansão

Para que o seu empreendimento cresça, é indispensável investir em inovação e expansão. No entanto, quando a empresa leva um calote, isso pode prejudicar seu fluxo de caixa a ponto de torná-la inadimplente. Assim, fica muito mais difícil ter acesso à obtenção de crédito para comprar novos equipamentos, realizar alterações na infraestrutura ou mesmo aplicar em um novo projeto.

Sob essa perspectiva, um calote pode prejudicar toda a qualidade produtiva do negócio, impedindo que ele avance e entregue mais valor aos clientes. Para evitar esse tipo de problema é essencial adotar uma gestão financeira eficiente, com medidas de prevenção a adversidades e problemas com inadimplentes.

Como evitar um calote dos seus clientes?

Como você viu, o calote é algo totalmente indesejável, afinal, pode levar a sua empresa à falência. Para evitar esse risco, existem algumas práticas que servem para atribuir maior segurança às suas transações.

Monitoramento de dados

O conhecimento sobre os seus clientes e fornecedores é um dos maiores ativos possíveis. Possuir as informações certas livrará você de acordos perigosos, que podem deixar a empresa em uma situação bastante vulnerável.

Por isso, é indicado que você possua um monitoramento interno de dados, com um cadastro atualizado sobre todos aqueles com quem negocia. Mesmo que a empresa ou pessoa em questão possua uma boa reputação no mercado, é importante recorrer ao histórico de suas aquisições. Por isso, quanto mais saudável for a relação comercial com o seu negócio e mais longo for esse relacionamento, menores os riscos de calote.

Análise do score de crédito

score de crédito seu e o de seus clientes, consulta Serasa fácil já.
Score de crédito- Consulte o seu já.

O score de crédito é o que determina os hábitos de pagamento de uma pessoa ou empresa com o mercado de crédito. Em resumo, ele é um dos indicadores que devem ser analisados na hora de uma negociação.

Imagine prestar um serviço ou fechar uma venda e não receber o pagamento. Consultando o crédito do cliente, você ajudará a empresa a prevenir o risco de calote. Utilize esse recurso a seu favor e descubra se vale ou não a pena dar crédito a uma pessoa ou empresa.

Diversidade de opções de pagamento

Oferecer várias opções de pagamento é uma estratégia eficiente para aumentar as vendas. No entanto, é preciso tomar cuidado com as alternativas escolhidas. O sonho de qualquer empresário é poder fechar todas as suas vendas à vista, seja em dinheiro ou no débito. Mas a verdade é que fica muito mais difícil negociar assim.

Por isso, você precisará recorrer a formas de parcelamento e extensão de prazos para que as compras caibam no bolso do cliente e a empresa não corra o risco de calote.

Mecanismos de cobrança

Quem já sofreu um calote sabe o quanto é difícil abordar o cliente e tentar uma recuperação das dívidas. A essa altura, o relacionamento já está abalado e é preciso ter cautela com a condução da situação. Além disso, o processo para recuperar os valores exige uma série de cuidados, como:

  • atualização constante sobre a situação do cliente;
  • integração eficiente de dados;
  • análises completas da dívida e histórico do cliente, por exemplo.

Se a sua empresa não possui uma equipe responsável apenas pelas cobranças, pode se tornar difícil desenvolver uma gestão completa, que inclua a segmentação dos débitos, compreensão dos canais de organização de estratégias e relatórios customizáveis. Nesse caso, vale buscar soluções de apoio que tornem a recuperação mais simples, fácil e segura, como a Recuperação de Dívidas da Serasa Experian.

Quais são as ferramentas essenciais da Serasa Experian?

A Serasa Experian possui soluções que podem aumentar a segurança das suas negociações de forma bastante prática. Entre elas, está a Consulta CNPJ/CPF da Serasa Experian, um serviço que permite identificar:

  • Serasa Score;
  • Consultas à Serasa e SPC;
  • Dívidas em bancos, empresas e SPC;
  • informações societárias;
  • cheques;
  • antecessores;
  • protestos;
  • informações cadastrais;
  • falências e ações judiciais;
  • CNAE e endereços.

Tudo isso serve para facilitar suas negociações, com base em informações confiáveis, que aumentam a segurança nas transições. Assim, sua empresa passa a conhecer melhor seus clientes e fornecedores, evita calotes e foge da inadimplência.

Então, este artigo ajudou a entender quanto custa um calote para o negócio? Se você quer saber mais sobre os nossos serviços e livrar a sua empresa, de uma vez por todas, dos calotes por negociações arriscadas, acesse nosso site!

Publicada em 19/07/2019 - Fonte: Serasa Experian
Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: