A tomada de decisão na sua empresa é efetiva? Descubra!

Gestão
tomada de decisão

Quando se trata do ambiente corporativo, há diversas variáveis e custos financeiros que exigem bastante cautela na tomada de decisão. Por isso, uso da análise de dados é essencial por trazer maior confiabilidade, contribuindo para uma gestão estratégica do negócio.

Pensando nisso, produzimos este artigo no qual explicaremos sobre a tomada de decisão e o uso de dados nesse processo. Entenda melhor, a seguir!

Como é o processo de tomada de decisão nas organizações?

Esperar muito para a tomada de decisão dentro da organização pode trazer efeitos negativos para o negócio, como:

  • perda de competitividade;
  • atraso no desenvolvimento de projetos;
  • menor produtividade.

De acordo com Harvard Business Review, para tomar uma boa decisão é preciso levar em consideração dois fatores: como as diferentes escolhas transformam a probabilidade de diferentes resultados e até que ponto cada um dos resultados é o desejado.

Grandes empresas, com líderes motivados e que sabem delegar o trabalho corretamente, conseguem extrair o melhor de suas ações. Há de se considerar que as grandes organizações movimentam milhões/bilhões de dólares e, por isso, elas precisam ser cautelosas para seguir pelo melhor caminho.

A Amazon é um bom exemplo disso. Hoje, a companhia norte-americana só está no patamar de grandes organizações com crescimento avançado, pois sabe o que os seus consumidores almejam. Por meio de machine learning e armazenamento em cloud computing, a empresa consegue entender mais profundamente o interesse do seu cliente e, assim, consegue expandir estrategicamente a sua oferta de serviços.

A Shell é outro case de sucesso no uso de dados para a tomada de decisão. Isso porque antes de perfurar um poço de petróleo, a companhia analisa bem as áreas mais propensas de trazer resultados mais satisfatórios, a fim de diminuir riscos e o próprio impacto ambiental gerado com a atividade. Por meio de informações sobre ondas sísmicas, ela consegue identificar a área disponível com recursos de petróleo e gás. Assim, a empresa tem uma tomada de decisão mais embasada.

Qual é a importância da coleta e análise de dados?

O Big Data reúne informações de diferentes frentes de uma organização. Desde dados sobre os colaboradores até os clientes, ou seja, toda uma variedade de dados.

O grande volume gerado e armazenado de informações sobre cada atividade realizada da empresa revelam a situação do negócio em diversos setores. Quando usado de maneira eficiente, os dados embasam a tomada de decisão, auxiliando na correta alocação de recursos, trazendo mais clareza e objetividade para o trabalho de todos os setores.

Redução de custos

Um dos aspectos mais impactados pelo uso de dados na tomada de decisão está relacionado à redução de custos. O fato é que a partir do momento que as decisões são mais acertadas, a probabilidade de retorno é maior, os gastos operacionais menores, o que faz com que haja uma redução nos maus investimentos.

Como os dados fornecem informações que ajudam a entender como está o funcionamento da organização, existe um aumento direto na produtividade, permitindo que a empresa faça mais, com menos colaboradores em tarefas repetitivas.

Aumento da agilidade

Quando uma empresa tem dados concretos, ela passa a ter mais agilidade na resposta às suas principais demandas e na resolução de problemas. O que isso representa?

O conhecimento sobre o melhor caminho a seguir! Isso garante que os processos fluirão de maneira que favoreça a organização. Dessa forma, ela também otimiza tempo com questões que não são tão importantes, passando a ter processos de gestão mais enxutos, o que impacta toda a cadeia produtiva.

Maior foco no cliente

Vivemos em uma era de customer centric, ou seja, uma era focada em oferecer uma experiência memorável ao cliente. De fato, uma empresa que volta as suas estratégias para o consumidor tem mais chances de conquistá-lo, impactando positivamente as suas receitas.

Ter dados precisos sobre essa relação é interessante justamente para manter essa relação mais próxima e compreender os anseios, bem como as necessidades do comprador. Além disso, são essas informações que ajudam na antecipação de tendências, permitindo ações que a destaquem em meio aos concorrentes.

Como utilizar a análise de dados para tomada de decisão?

Afinal, como melhorar a análise de dados para a tomada de decisão e aproveitar todas as vantagens destacadas? O planejamento é a chave do sucesso no processo como um todo. O passo a passo, a seguir, mostrará como melhorar a análise das informações e como obtê-las!

Identifique e alinhe a estratégia de negócio

O primeiro passo é detectar as áreas de negócios que são mais importantes para o alcance da estratégia preestabelecidas pela empresa. Essa identificação deve começar pela coleta de dados de todos os setores, avaliando sempre o impacto que eles têm sobre a organização.

A partir disso, é possível saber o que falta para o alinhamento com o negócio como um todo. Portanto, é preciso saber quais os objetivos das áreas, fazendo questionamentos quando há gargalos e com isso formular hipóteses.

Reconheça as melhores fontes de dados

Quando se trata de fontes de dados, é preciso considerar as informações interna e externa. No caso da primeira, não há problemas, pois as informações serão obtidas pela própria empresa, reunindo documentos dos próprios setores.

Já quando se trata de informações externas, o cuidado precisa ser maior. Ainda mais quando se usa bancos de dados de terceiros. Portanto, características como solidez, informações confiáveis, reconhecimento pelo mercado ajudam a ter maior certeza na hora da tomada de decisão.

Estabeleça insights conclusivos

Com as dados em mãos, por meio das ferramentas certas, é hora dos gestores e demais colaboradores que atuam na área de dados estabelecerem os chamados “insights conclusivos”. A experiência de cada setor, bem como a visão dos gestores impactarão no processo.

As conclusões devem ser utilizadas em suposições, como melhora nos processos internos, o que pode significar uma transformação nas ações dos colaboradores, ou mesmo no lançamento de um novo produto/serviço. Enfim, há uma série de possibilidades a serem trabalhadas.

Conte com a tecnologia

A tecnologia é uma importante aliada no processo de obtenção de dados. Por isso, é interessante que a empresa utilize as ferramentas mais alinhadas com as suas demandas de negócio. Não adianta escolher uma tecnologia robusta, que oferece dados complexos, se a organização não detém o conhecimento necessário para fazer uso daquelas informações ou mesmo não precisa daqueles dados.

A tomada de decisão nas empresas é um processo que exige cuidado e trabalho em equipe. O princípio a ser trabalhado nessas ocasiões deve ser pautado no planejamento estratégico. Por isso, foque na coleta de dados consistentes e que embase as escolhas da sua empresa.

Para alinhar ainda mais o seu negócio, convidamos você a ler um artigo que separamos sobre gestão de pequenas empresas!

Publicada em 03/03/2020 - Fonte: Serasa Experian
Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: