Por que a profissionalização de empresas é a chave do crescimento?

Gestão

Por muitos e muitos anos, dirigir um negócio era algo quase intuitivo: as famílias abriam uma empresa e a passavam por gerações, sem que necessariamente houvesse uma preocupação com a qualificação das pessoas que assumiam postos em seu gerenciamento. Isso até funcionou por um bom tempo. Atualmente, porém, a profissionalização de empresas se tornou fundamental para seu crescimento.

Desde empresas familiares até Microempresas (MEs) e Microempreendedores Individuais (MEIs), é fato: quem não se formalizar e investir na profissionalização de seus processos, dificilmente conseguirá sobreviver às mudanças do mercado ou garantir a escalabilidade do próprio negócio.

Neste post, vamos esclarecer por que a profissionalização de empresas é tão importante, quais os riscos da informalidade e que passos você deve seguir para alcançar o crescimento desejado para seu negócio. Continue a leitura para descobrir tudo isso e muito mais!

A profissionalização garante modelos mais eficientes de gestão

equipe de trabalho multidiciplinar vendo uma apresentação o que representa um modelo de gestão mais atual e horizontalizado
Adote modelos eficientes de gestão
Para qualquer empresa, sempre surge aquele momento de entrada em um novo ciclo: é hora do crescimento do negócio. O detalhe é que esse próximo passo só é possível se alguns processos forem seguidos rumo à profissionalização. É necessário seguir modelos mais eficientes de gestão, aumentando a competitividade, conquistando mais clientes e consolidando a marca perante o público.

A essa altura, a profissionalização de empresas deve ser perseguida para proporcionar mais agilidade e eficácia aos processos. Caso contrário, seu negócio corre o risco de ser engolido pela concorrência e pelo dinamismo das constantes transformações do mercado.

A informalidade coloca seu negócio em risco

Muitas vezes, a empresa pode sofrer picos de demanda, fazendo com que cresça rapidamente, mas sem um planejamento prévio, sem uma preparação tanto da gestão quanto dos funcionários. Nesse momento, se a profissionalização dos processos não estiver presente, há um risco imenso de você perder o rumo e acabar tendo prejuízos em vez de desfrutar do crescimento do negócio.

Sem a profissionalização de empresas, podem surgir problemas como:

  • sobrecarga nos gestores e funcionários;
  • falta de controle na administração e nas finanças;
  • queda na qualidade do atendimento, da prestação de serviços ou da fabricação do produto;
  • atrasos nas entregas e insatisfação dos clientes.

A profissionalização de empresas demanda planejamento

Alguns passos devem ser seguidos para que sua empresa saia de um nível mais informal ou familiar, passando a atuar de forma mais profissional perante o mercado. Vamos apresentar alguns deles a seguir!

Defina os cargos de acordo com a qualificação técnica

Especialmente nas empresas familiares, muitas vezes os cargos de gestão são definidos a partir do grau de parentesco ou até mesmo do nível de amizade que o profissional tem com o dono. Mas não é nada difícil imaginar por que isso é um risco, certo? A profissionalização de empresas demanda a definição de cargos a partir de critérios técnicos.

Escolha profissionais qualificados para os cargos mais importantes, principalmente aqueles de gestão. Você pode contar inclusive com a ajuda de caçadores de talentos, a fim de identificar possibilidades dentro ou fora da empresa. É preciso ter cuidado para contratar pessoas que tenham valores semelhantes aos da cultura do negócio. Contar com profissionais qualificados ajuda a trazer racionalidade a suas decisões. Fica muito mais fácil, assim, buscar alternativas lucrativas para a melhoria nos processos da empresa.

Incentive e aceite a inovação

empreendedor segurando um lampada e olhando para o céu, significa que qualquer um pode ter uma ideia e todos devem compartilhar ela para ser melhorada
Aceite a inovação na sua empresa
A inovação sempre esteve diretamente ligada ao sucesso dos empreendimentos. Mesmo antigamente, havia um espírito de busca pela novidade para atrair clientela e fazer a empresa crescer. Anote aí: esse ideal nunca deve ser deixado de lado! A busca e a aceitação da inovação fazem parte da profissionalização. Só assim a administração do negócio não fica para trás.

Aceite que as novas ideias podem surgir de diversas situações e de pessoas diferentes, desde fornecedores a novos funcionários e clientes. Não se feche para as sugestões apresentadas, implementando aquelas que forem positivamente avaliadas segundo critérios de viabilidade e rentabilidade. Atualmente, o mercado não permite mais que as empresas fechem os olhos e os ouvidos para as novidades.

Invista no treinamento dos funcionários

Atingir o profissionalismo sem a colaboração dos funcionários é praticamente impossível. Para que isso ocorra, porém, é preciso que a empresa ofereça a eles as condições para que cresçam junto com o negócio. Uma das maneiras de conseguir isso é oferecendo treinamento contínuo aos profissionais.

A capacitação promove a valorização dos trabalhadores, mantendo as equipes mais motivadas e abertas à inovação. Lembre-se de que os treinamentos são um investimento com retorno praticamente garantido. E isso vale tanto para a produtividade quanto para a lucratividade do negócio.

É possível inclusive usar a tecnologia a favor da capacitação dos profissionais, com a adoção de cursos a distância e outras ferramentas que podem ajudar nessa solução. Não se esqueça de oferecer aos funcionários uma visão ampla do negócio, abordando temas como empreendedorismo, liderança e inovação.

Promova a melhoria contínua nos processos

Há algumas ferramentas que podem ser utilizadas para tirar uma empresa do passado e fazê-la caminhar rumo ao crescimento e à melhoria contínua. Entre elas, podemos citar o 5S, o Six Sigma ou o Kaizen. Todas ajudam o negócio a sair do velho esquema de falta de organização ou de relatórios feitos manualmente, que atrasam processos e não contribuem para a eficiência do fluxo de trabalho.

A profissionalização de empresas passa, aliás, pela automação de processos, que garante mais rapidez, aumento da produtividade, melhoria dos controles e redução de riscos. É preciso que os fluxos sejam, com isso, simplificados para gerar redução de custos e de desperdícios.

Busque soluções tecnológicas para seu negócio, como softwares que permitam o armazenamento e a análise de dados importantes para a tomada de decisões. Tenha em mente que as informações devem ser centralizadas e integradas para serem devidamente aproveitadas pelo planejamento estratégico da empresa.

O que você tem que guardar é que não há mais lugar no mercado para as empresas que ainda atuam informalmente, sem uma definição transparente de seus cargos, sem apostar na qualificação dos funcionários e na melhoria constante dos processos. A profissionalização de empresas também passa pela abertura à inovação e à tecnologia para acompanhar as transformações do público. Pronto para essa missão?

Se você está convencido de que esse é o caminho que sua empresa deve seguir, aproveite para conhecer agora mesmo as trilhas de capacitação do Serasa Empreendedor!

Publicada em 17/10/2018 - Fonte: Serasa Empreendedor
Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: