Medidas para a prevenção de fraude que sua PME deve considerar

PMEs - Desafios Financeiros
medida para prevenção de fraude

A prevenção a fraude é essencial para todos os tipos de negócios e segmentos, afinal, a situação pode gerar prejuízos financeiros. O problema pode acontecer tanto com clientes novos quanto frequentes.

Contudo, há algumas ações que podem ajudar a reduzir as fraudes. Investimento em tecnologia para segurança nas transações e aplicação de uma política de vendas, por exemplo, são medidas positivas para isso.

Quer saber mais? Então, continue a leitura para ver as dicas que separamos sobre o assunto.

Os impactos das fraudes nos negócios

As fraudes são um problema para empresas de variados portes e essas situações afetam consideravelmente as finanças. Um estudo sobre fraude de pagamento online, elaborado pela empresa Juniper Research, constatou que as perdas por fraudes no comércio virtual chegaram a US$27 bilhões, em 2020.

Além de resultar em prejuízo financeiro, fraudes virtuais envolvendo documentos de clientes podem comprometer a reputação da empresa e acabar afastando bons consumidores. Dessa forma, é necessário dar atenção tanto à proteção contra fraude quanto à experiencia digital do cliente.

Muitas companhias já estão cientes disso. De acordo com a Pesquisa Global de Identidade e Fraude, da Serasa Experian, 66% das empresas entrevistadas planejam investir em software e métodos para detecção de fraudes.

Prevenção a fraude para novos clientes

Um dos primeiros passos para aumentar a segurança do seu negócio é analisar o cenário interno e externo. Sendo assim, veja quais os tipos de golpes são mais frequentes em sua empresa e em seu segmento de atuação para buscar soluções que ajudem a evitá-los.

Fraude com documentos de terceiros, por exemplo, é uma das situações que pode acontecer em diversos tipos de negócio. O impacto financeiro disso pode ser grande, afinal, depois de descobrir a situação, o titular dos dados poderá solicitar o cancelamento da compra. Nesse caso, se o produto ou serviço já tiver sido entregue, a empresa vendedora ficará com o prejuízo.

Implementação de política de vendas

Uma das estratégias que a pequena e média empresa (PME) pode adotar para tentar reduzir as tentativas de fraude de novos clientes é adotar uma política de vendas. Essa medida é importante para definir quais procedimentos e documentos devem ser verificados antes de concretizar o acordo.

A política de venda pode incluir realização de cadastro, confirmação de dados e análise de crédito, o que inclui a consulta ao CPF ou CNPJ do cliente para conhecer o score e o histórico de dívidas.

Confirmação da situação cadastral

Essa ação ajuda na prevenção a fraude, pois permite avaliar se as informações preenchidas no cadastro são verídicas. Indivíduos mal-intencionados podem utilizar documentos e números de cartões de crédito de terceiros para aplicar golpe no comércio, então, é preciso ter atenção.

Para confirmar a situação cadastral do novo cliente, é necessário fazer uma pesquisa com o CPF ou CNPJ dele. Você pode fazer isso pelo site da Receita Federal para saber se o documento existe e se está regularizado, ou com o apoio de um órgão de proteção ao crédito, como a Serasa Experian.

Ao utilizar a segunda opção, você poderá ter acesso aos dados cadastrais, endereços e telefones, e poderá comparar se as informações estão condizentes com aquelas que foram apresentadas pelo cliente.

Além da confirmação de dados, você também poderá avaliar a capacidade de pagamento do cliente. Se ele tiver um score baixo e muitas dívidas em aberto, por exemplo, a negociação pode ter um risco maior de inadimplência ou fraude.

Prevenção a fraude para clientes recorrentes

Mesmo quem tem clientes recorrentes não está livre de sofrer com fraudes no negócio. O cliente pode ter os dados vazados ou ser vítima de ataque de invasão na sua conta. Dessa forma, fraudadores utilizam senhas e dados desses consumidores para realizarem compras em seu nome.

Para evitar situações desse tipo e proteger a saúde financeira do negócio, as medidas de prevenção a fraude para clientes recorrentes podem incluir análise do histórico de compras e ferramentas para monitoramento de CPF ou CNPJ.

Análise do histórico de compra

Conhecer o histórico de compra é uma atitude importante para proteger o negócio. Os clientes costumam fazer aquisições semelhantes e entregues no mesmo endereço. Sendo assim, se você notar um comportamento de compra suspeito, poderá entrar em contato com a pessoa para confirmar se ela fez a transação, ou se alguém está utilizando os dados dela para aplicar golpes.

Softwares para gestão de vendas podem ajudar nesse processo. Além de armazenar dados cadastrais e monitorar o ciclo de vendas, algumas ferramentas mantêm o histórico de compra dos clientes.

Monitoramento de clientes

Outra dica para reduzir o risco de fraude é investir em monitoramento de clientes. O procedimento pode ser realizado com apoio de um birô de crédito, com a Serasa Experian. Assim, é possível acompanhar movimentações no CPF ou CNPJ dos seus clientes e tomar decisões estratégias, caso ocorra algo fora do comum.

Soluções da Serasa que podem ajudar a proteger a sua empresa

Nossas soluções podem ser bastante significativas na prevenção a fraude, pois ajudam a conhecer melhor o perfil dos consumidores. A empresa conta com ferramentas para empresas de variados portes, incluindo PMEs, que podem ajudar a proteger o negócio, reduzindo risco de fraude e inadimplências. Entre elas, estão:

  • consulta de CPF e CNPJ: ferramenta importante para confirmar dados cadastrais, analisar existência de dividas e protestos, entre outras informações;
  • monitoramento de clientes: com essa solução gratuita, é possível acompanhar até 100 CNPJs para fazer a gestão da carteira de clientes e receber avisos por e-mail ou SMS em caso de alterações, como uma negativação;
  • monitoramento da sua empresa: essa ferramenta é significativa para acompanhar o seu CNPJ e os documentos dos sócios, e adotar atitudes de correção rápidas em caso de pré-negativação ou fraudes com os dados empresariais.

Essas são algumas medidas de prevenção a fraude que podem ajudar a sua PME. Analise quais delas se encaixam à realidade e ao orçamento do negócio para conseguir proteger a sua empresa e evitar impactos nas finanças.

Gostou do texto? Quer saber mais sobre as soluções da Serasa Experian e como elas podem ser positivas para a sua empresa? Então, acesse o site e conheça a ferramenta Saúde do seu Negócio!

Publicada em 05/10/2021 - Fonte: Ana Abritta
Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: