Consultar sócios: como monitorar participações societárias em tempo real

Gestão
consultar sócios

As participações societárias sempre são uma alternativa interessante no momento de abrir uma empresa. Afinal, poder contar com um ou mais parceiros no seu empreendimento pode facilitar o investimento do negócio, a delegação de tarefas (evitando a sobrecarga) e o brainstorm de estratégias para um crescimento contínuo.

As vantagens são inúmeras quando conseguimos ser sócios de pessoas que sabemos ser de confiança. Porém, quando não se conhece aquela pessoa tão bem, ou não há transparência na relação profissional, é possível que a sociedade termine em conflitos pessoais e até mesmo jurídicos.

Para evitar esses tipos de situações, é preciso adotar alguns cuidados e prevenir riscos. Neste post, você vai entender melhor a importância da investigação de seus sócios pelo CNPJ, além de aprender a fazer isso de forma eficaz. Confira!

O que é e quais são os tipos de participação societária?

Uma participação societária é uma relação jurídica que geralmente é formada por um acordo por escrito, entre dois ou mais indivíduos ou empresas. Os sócios investem seu dinheiro no negócio e cada um deles se beneficia com os lucros, mas também sofre com qualquer perda ou prejuízo.

Eles ainda respondem judicialmente caso algum processo ou acontecimento envolva a empresa. Vale ressaltar, inclusive, que existem diversos modelos de participações societárias no Brasil. A seguir, você fica por dentro dos principais.

Simples

Também conhecido como a antiga sociedade civil, esse tipo de participação não costuma ser utilizado por organizações comerciais, pois se dedica apenas à prestação de serviços. Sendo assim, a atividade econômica (que pode ser de cunho artístico, literário ou científico, por exemplo) é exercida pelos próprios sócios.

Devido ao caráter dos serviços prestados, as sociedades simples costumam ser registradas em um cartório civil de pessoas jurídicas, em vez de uma junta comercial.

Em nome coletivo

A sociedade em nome coletivo é formada apenas por pessoas físicas. Somente elas podem participar da administração do negócio e têm responsabilidade solidária.

Limitada

Na sociedade limitada, cada sócio tem sua responsabilidade diretamente proporcional ao valor que foi investido na empresa. É importante ressaltar que eles podem ser pessoas físicas ou jurídicas. A participação é dividida em quotas para exercer alguma atividade econômica, seja ela de produção ou circulação de bens/serviços.

Anônima

Nesse tipo de sociedade, o capital social é distribuído em ações. Dessa forma, os sócios podem ser pessoas físicas ou jurídicas, posteriormente representados como acionistas da empresa.

Suas responsabilidades são limitadas de acordo com o preço de emissão das ações que adquirirem, tendo em vista que o capital pode ser fechado (os investidores são abordados de forma privada) ou aberto (é possível negociar as ações da companhia dentro do mercado de capitais).

Como funciona uma sociedade em uma empresa?

Cada sócio contribui com o fornecimento de habilidades, esforços ou investimentos financeiros dentro de uma relação societária. Em troca, ele terá direito a uma parte dos lucros ou outros benefícios originados no crescimento contínuo do negócio.

Apesar de tudo isso ser decidido em um acordo formal, é preciso lembrar que os sócios delimitam a participação de cada um na sociedade com o compartilhamento do lado financeiro. Por isso, a decisão de ter um sócio ou não deve ser cuidadosamente avaliada levando vários critérios em conta.

Quando é interessante abrir uma empresa com um sócio?

Muitos proprietários de empresas podem se antecipar ou serem tomados por impulso na hora de oferecer uma sociedade à outra pessoa. Ao ter alguém para considerar como sócio, é importante pensar e alinhar até os pequenos detalhes, a fim de que o novo empreendimento não traga mais problemas do que vantagens.

Para isso, é preciso considerar até o temperamento e a personalidade do candidato a sócio. Nesse sentido, o ideal é que ele complemente e contrabalanceie seus defeitos e qualidades. Pense no seguinte:

  • O que essa pessoa pode agregar ao meu negócio?
  • Eu confio nela o suficiente para dividir todo o meu dinheiro e saber que ele será bem administrado? Será que ela sente o mesmo?
  • As finanças da empresa apresentam condições de suportar alguém com nível de sócio?
  • Quando tenho algum conflito com essa pessoa, como isso costuma se resolver?
  • Como as responsabilidades podem ser divididas de forma justa?

Tenha sempre em mente que, juntos, vocês precisam conquistar e promover certo equilíbrio para a empresa. Muitas vezes, apenas a amizade não será suficiente para alcançar esse objetivo. Por isso, é importante fazer uma avaliação detalhada dos prós e contras da sociedade.

Por fim, só é interessante escolher um sócio cujos objetivos estejam alinhados aos seus. Vocês vão trabalhar unidos para o crescimento da empresa, então, devem ter expectativas semelhantes. Observe também como é a visão de futuro e ambições do seu futuro sócio, pois, quando se trata de um novo empreendimento, tudo deve ser pensado no médio e longo prazo.

Quais são os riscos de uma participação societária?

Por mais que poder contar com alguém que vista a camisa da empresa com você possa ser vantajoso em vários sentidos, também existem alguns riscos envolvidos ao compartilhar as responsabilidades da sua empresa com outra pessoa. Veja quais são eles!

Divergências na gestão

Cada pessoa trabalha de uma forma única. Com mais de um administrador no comando, podem existir desentendimentos, desalinhamentos de objetivos e até mesmo atritos dentro do empreendimento.

O contato transparente, o pensamento coletivo e as tomadas de decisões baseadas em dados devem ser uma prioridade para driblar as diferenças de opiniões que, mais cedo ou mais tarde, podem vir à tona.

Divisão dos lucros

Assim como há a divisão de prejuízos caso o faturamento da empresa vá mal, você também não poderá desfrutar dos bons rendimentos sozinho. Por isso, leve esse detalhe em conta caso tenha a intenção de ter alta rentabilidade no curto prazo.

Dependência nas tomadas de decisão

Já que não gerencia seu negócio sozinho, é provável que você não tenha a autonomia que imaginava ao tomar decisões e estabelecer metas. Lembre-se de que seu sócio sempre deve ser consultado caso esteja planejando mudanças. Por isso, você terá certa dependência nas principais tomadas de decisão da empresa.

Inconsistências no CPF do sócio

Em qualquer tipo de sociedade, o CPF do sócio deve estar vinculado ao CNPJ da empresa. Por isso, tenha extrema atenção aos bloqueios e pendências que podem impactar seu empreendimento de forma negativa no futuro e até render alguns conflitos judiciais.

Por que consultar sócio pelo CNPJ?

É relevante que o empreendedor conheça algumas formas de se precaver e assegurar a segurança do negócio. Consultar sócios que tenham participações em empresas pode não parecer uma decisão muito atrativa à primeira vista, porque passa a ideia de que não há confiança entre os parceiros.

Mas é importante saber que, além de ser possível realizar uma consulta completamente anônima, trata-se de uma preocupação totalmente válida e que respeita os objetivos que você tem em comum com seu sócio — afinal, todos prezam pela boa saúde do empreendimento.

Verificar se há inconsistências no nome do sócio também é válido para alertá-lo sobre problemas pessoais futuros (que poderiam até então ser desconhecidos, por exemplo), ao mesmo tempo em que se antecipa uma negativação para o empreendimento.

Como consultar os sócios de um CNPJ?

Qualquer pessoa pode consultar o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). Trata-se de um banco de dados de acesso público, criado pela própria Receita Federal. Nele, estão armazenados diversos tipos de informações cadastrais de todas as pessoas jurídicas de interesse dos Estados e da União.

O serviço é para conferir as informações de uma determinada pessoa jurídica pelo seu CNPJ. Agora, se você deseja descobrir quem são os sócios de uma empresa, isso também pode ser feito de forma simples pelo site da Receita Federal.

Basta acessar o serviço de Emissão de Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral. Ao entrar no site, você verá uma tela com um espaço em branco para digitar o CNPJ da empresa desejada. Depois de fazer isso, terá acesso a um comprovante de inscrição e da situação cadastral emitidos diretamente pela Receita.

Em seguida, é só clicar no botão “Consulta QSA/Capital Social” logo abaixo do documento. Você poderá ver o nome e a qualificação dos sócios, além de seu capital social. Também é possível saber a porcentagem de cada sócio na empresa.

Como a Serasa Experian pode ajudar?

consultar sócios

Saber consultar os sócios de um CNPJ é importante, mas não é o suficiente. É essencial monitorar todas as empresas em que o CNPJ e o CPF têm participação. Isso porque é possível antecipar uma negativação e saber se sua empresa tem protestos por meio desse processo.

Informações como essas afetam diretamente a forma como seu negócio é visto pelo mercado. Monitorar seus documentos também é essencial para saber o que pode prejudicar sua saúde financeira, seu score e, consequentemente, suas chances de obter crédito de instituições financeiras.

Ter essas informações monitoradas de forma automática pode parecer complicado, mas, com o Saúde do Seu Negócio (SDSN), você pode acompanhar sua empresa de perto e acessar as informações sobre seu CNPJ, CPF e muito mais, sempre que quiser.

O Saúde do Seu Negócio é o único produto no mercado pronto para monitorar empresas nas quais o CPF e o CNPJ têm participação societária. E não é só isso: você também será alertado, em tempo real, quando surgirem apontamentos como negativações, protestos, atualizações cadastrais e consultas feitas por terceiros.

A solução ainda conta com assistência contra fraudes, que apresenta dicas de como seguir em casos de falhas e golpes envolvendo outras empresas — e, claro, ensina como se prevenir delas. Assim, você pode se sentir mais tranquilo sabendo que seu negócio está em segurança.

Não podemos deixar de mencionar um diferencial do produto: dá para monitorar todo o seu quadro societário em uma única plataforma. Você também pode configurar o sistema para alertar seus sócios toda vez que um novo apontamento surgir, a qualquer hora do dia.

Quem tem mais de uma empresa pode usar o SDSN?

Sim. Com apenas uma conta, você poderá monitorar todas as empresas que seu CNPJ e CPF têm participação em um único lugar. Além disso, também será alertado quando suas outras empresas tiverem quaisquer apontamentos.

Como funcionam os alertas?

Tanto os alertas quanto as informações do SDSN são enviados para o e-mail e/ou celular cadastrados no portal. Se você for um assinante Premium, poderá cadastrar os contatos de todos os seus sócios, para que também sejam alertados.

Há limite no número de sócios que podem ser cadastrados?

Não, você poderá cadastrar todos os sócios que quiser e suas participações em empresas. Caso o empreendimento tenha mais de 5 sócios, serão monitorados apenas aqueles que têm percentuais societários (do maior para o menor) somando 99% de participação na empresa.

Quais dados posso monitorar com o SDSN?

A solução vai avisar por e-mail ou SMS sobre qualquer alteração do CNPJ e CPF abaixo:

  • pré-negativos (um alerta recebido antes da ocorrência de negativação);
  • cheques sem fundo recebidos;
  • protestos;
  • ações judiciais;
  • participações em falência;
  • falências;
  • pendências gerais de caráter financeiro e/ou bancário;
  • consultas ao Serasa;
  • recuperações judiciais;
  • alterações de informações de cadastro;
  • alterações de informações societárias.

Tudo isso está disponível no plano padrão. Já nos planos Premium ou Premium +, você pode contar com outros recursos ainda mais interessantes:

  • monitoramento de clientes e fornecedores — você recebe um alerta sempre que surgir algum apontamento com relação aos seus parceiros de negócio mais próximos;
  • monitoramento de participações — você fica ciente caso aconteça algum apontamento naquelas empresas que você tem participação;
  • monitoramento de sócios — você recebe um aviso quando ou se houver algum apontamento no seu quadro societário e também poderá cadastrar outros e-mails para que os sócios também recebam os mesmos alertas.

Viu só como é fácil? A solução para consultar sócios da Serasa Experian é simples, eficaz e os valores certamente cabem no seu bolso. Agora que você está por dentro de todos os detalhes sobre sociedade em empresas, entende que, mais do que consultar sócios e acessar informações, você vai ter todo o negócio operando bem em suas mãos.

Quer fazer a sua empresa crescer? Entre em contato conosco, escolha o melhor plano para sua assinatura e venha para o Saúde do Seu Negócio!

Publicada em 27/10/2021 - Fonte: Ana Abritta
Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: