Como realizar a consulta de protestos de clientes da sua empresa?

Negócios
Como realizar a consulta de protestos de clientes

Quando o assunto é saúde financeira da empresa, é importante saber monitorar tanto os dados próprios quanto de clientes. Logo, a consulta de protesto se torna uma ferramenta importante para quem deseja prevenir a inadimplência e garantir o acesso ao crédito.

Com a consulta de protestos de clientes, a empresa consegue identificar os maus pagadores, evitando vender a prazo para quem tem um histórico desfavorável. Quando feita em nome próprio, a pesquisa ajuda a identificar pendências e indica o caminho para a reabilitação do crédito empresarial.

Quer entender melhor o que é um protesto, como ele funciona e sua relação com a saúde financeira da empresa? Então continue a leitura desse artigo!

O que é um protesto?

Um protesto é uma anotação feita pelos cartórios de protesto. Quando ele é efetivado, isso quer dizer que uma dívida não foi paga no prazo, mesmo após a intimação do devedor de que a anotação do protesto seria feita.

Para que seja possível protestar uma dívida, é necessário que exista um título, que é o documento que reúne as informações da dívida, como:

  • contratos;
  • duplicatas;
  • cheques;
  • notas promissórias;
  • letras de câmbio;
  • cédulas de crédito bancário, dentre outros.

Quando o credor envia o título ao cartório, o órgão confere o documento e envia uma notificação por carta ao devedor para que regularize a situação. Geralmente, o prazo é de três dias para pagamento da dívida, sob pena de se efetivar o protesto, com a anotação da dívida em cartório.

Se o devedor não for localizado em seus endereços de correspondência, o cartório é autorizado por lei a publicar um edital. Após o prazo previsto no edital, sem comparecimento do devedor para pagar a dívida, o protesto se efetiva.

A existência de protestos em nome de uma pessoa física ou jurídica causa impactos importantes na vida financeira. Isso porque o protesto é uma anotação negativa no histórico de crédito do devedor. Alguns exemplos do impacto das dívidas protestadas em cartório:

  • o devedor não consegue acessar crédito;
  • pedidos de compra faturada a prazo não são aprovados;
  • a pontuação do Score Serasa diminui.

Uma vez que há o registro da dívida no cartório, será necessário providenciar não apenas o pagamento dos valores devidos, mas também, as custas do cartório. Somente após a quitação da dívida e das custas é que o nome do devedor sai do protesto.

Por isso, não basta obter a informação de que o protesto existe: é relevante que os dados sejam completos e atualizados, para que seja possível compreender quais são os passos para a regularização.

Como consultar se um cliente tem algum protesto?

Para descobrir se um cliente está com alguma pendência financeira protestada em cartório, basta acessar o serviço de consulta a CPF ou CNPJ da Serasa Experian. No painel de consultas, selecione qual tipo de pesquisa pretende obter.

Os protestos estão incluídos tanto na busca intermediária quanto na completa. Quando concluir seu pedido, será possível visualizar em tempo real todos os protestos em nome do cliente.

Você obterá uma descrição detalhada dos débitos, cartórios em que os títulos estão protestados e valor das dívidas. Assim, será possível decidir se é o caso de aceitar um pedido faturado a prazo, exigir pagamento à vista ou outras providências constantes na política de crédito de sua empresa.

Como verificar se a minha empresa tem algum protesto?

O serviço de monitoramento de CNPJ da Serasa Experian é ideal para quem deseja acompanhar as finanças da própria empresa. No painel de protestos do Saúde do seu Negócio, por exemplo, é possível visualizar se há protestos, bem como os dados completos, como data da ocorrência, valor, cartório, cidade/UF e telefone do cartório.

Com o monitoramento, é possível acompanhar os dados de protestos tanto em nome da empresa quanto dos sócios. Assim, seu negócio garante melhores condições para a obtenção de crédito no mercado.

Como baixar um protesto?

Se sua empresa fez a consulta de protestos e identificou pendências, é importante tomar medidas para regularizar a situação. Há mais de uma possibilidade:

  • quando a dívida já foi quitada, mas o protesto ainda aparece, o devedor precisa procurar o cartório em que houve o protesto com o comprovante de pagamento da dívida, pagar as custas de cancelamento e aguardar o processamento do pedido;
  • nos casos em que a dívida ainda não foi paga, a empresa pode procurar o credor, fazer o pagamento e obter um documento chamado carta de anuência, que autoriza a baixa do protesto. Depois disso, procurar o cartório, apresentar a carta e pagar as custas.

Em alguns casos, é possível pagar tanto a dívida quanto as custas diretamente ao cartório. Por isso, é importante usar as informações obtidas na consulta de protesto para decidir quais são as próximas ações.

Como utilizar as ferramentas da Serasa Experian para consultar protestos e se antecipar?

A Serasa Experian conta com diversas soluções pensadas para facilitar o trabalho das pequenas e médias empresas. Dentre elas, a consulta CNPJ é ideal para quem deseja saber se há protestos em nome de um cliente ou da própria empresa.

Quando se consulta um protesto usando a ferramenta da Serasa Experian, você recebe informações completas sobre a situação de crédito da empresa. Assim, é possível fazer um diagnóstico da situação e tomar decisões mais certeiras.

Além da informação sobre protestos, com a consulta da Serasa Experian, é possível acessar:

  • dívidas em bancos e empresas;
  • cheques devolvidos;
  • pedidos de falência;
  • ações judiciais;
  • dados cadastrais;
  • pontuação da empresa no Score Serasa.

As consultas de CNPJ na Serasa Experian são contratadas por meio da aquisição de créditos ou pacotes de serviços. Assim, sua empresa pode usar apenas a quantidade e o formato de serviços que precisar, sem burocracia e de forma flexível.

A consulta de protesto é uma política importante para que as empresas verifiquem a situação financeira própria e de seus clientes. Com ela, é possível prevenir imprevistos, reduzir a chance de inadimplência e otimizar o acesso ao crédito.

Para usar a consulta de protesto em CNPJ da Serasa Experian, basta fazer seu cadastro e adquirir as consultas que deseja fazer.Como realizar a consulta de protestos de clientes da sua empresa?

Publicada em 01/12/2021 - Fonte: Ana Abritta
Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: