Guia para Consulta de CNPJ: como, quando e por que consultar?

consulta de cnpj

Um gestor precisa lidar com uma série de obrigações e, em alguns casos, a consulta de CNPJ é deixada de lado. Contudo, essa é uma ação importante para qualquer tipo de negócio, pois aumenta a segurança e evita complicações futuras.

A consulta de CNPJ está relacionada à análise do documento de terceiros e do documento da empresa. No primeiro caso, esse é um passo significativo antes de toda a venda para reduzir riscos como golpes e inadimplência, já a consulta ao próprio documento, é positiva para evitar complicações, como negativação.

Para alcançar bons resultados, é fundamental que o processo seja feito com uma certa frequência. Quer entender melhor o assunto e descobrir como e quando consultar o seu CNPJ? Então, confira o guia que preparamos e tire todas as suas dúvidas. Boa leitura!

Por que dar atenção ao meu CNPJ?

Quando falamos em consulta de CNPJ, alguns administradores podem pensar apenas na análise do CPF ou CNPJ dos clientes e parceiros. No entanto, vale reforçar que a medida deve ser feita dos dois lados.

No primeiro caso, a atitude é imprescindível para vendas a prazo, reduzindo o risco de inadimplência, e para fazer acordos mais seguros. Por exemplo, ao estabelecer um contrato de longo prazo com um fornecedor, é importante ter conhecimento sobre a situação financeira dele para não ser pego de surpresa com uma possível falência, o que prejudicaria as entregas da sua empresa.

Consultar o documento de clientes e terceiros é simples. Nesse caso, é necessário buscar um órgão de proteção ao crédito para realizar a pesquisa.

É possível contar com o apoio da plataforma da Serasa Experian para o procedimento. Por lá, você encontrará diferentes tipos de relatórios, com informações básicas ou mais aprofundadas, de acordo com o risco do negócio.

Já os cuidados com o seu CNPJ são significativos em diversas situações. O cadastro de pessoa jurídica perante a Receita Federal é essencial para regularizar a atuação da empresa e permite benefícios como:

  • abrir conta bancária empresarial;
  • emitir nota fiscal;
  • obter empréstimo e financiamento com melhores condições de juros;
  • participar de licitação e fazer convênios com órgãos públicos;
  • estabelecer acordos comerciais mais vantajosos;
  • contratar profissionais qualificados.

Além do cadastro, a empresa deve cumprir com todas as suas obrigações para mantê-lo ativo, do contrário pode ter que lidar com complicações. Uma companhia que não entrega as declarações necessárias por 2 anos consecutivos pode ter o CNPJ inapto e ficar impedida de realizar operações de crédito e participar de concorrências públicas, entre outras situações.

Diante disso, fica nítida a importância de manter o cadastro regularizado, não é mesmo? Para descobrir se a sua empresa tem alguma pendência, acesse o site da Receita Federal e clique na aba “dívidas e pendências fiscais” para fazer a consulta.

A regularidade fiscal é extremamente relevante, mas, além disso, a companhia ainda deve atentar ao fator financeiro para que o CNPJ não fique negativado ou com protestos. Se a empresa contratar um serviço ou realizar uma compra e deixar de pagar a fatura, o credor poderá incluir o documento dela na lista de negativados dos órgãos de proteção ao crédito, o que dificulta a obtenção de empréstimos, compras a prazo, entre outros contratempos.

 Como evitar complicações com o CNPJ da empresa?

Como você pôde perceber, o CNPJ é um documento importante e que requer atenção. Por isso, é preciso consultar a situação cadastral e, se houver pendências, resolver tudo com agilidade para mantê-lo regularizado.

Outro ponto é quanto às finanças da empresa. Para evitar que o documento seja negativado ou que apresente dívida em protestos, é fundamental ter organização financeira e acompanhar as movimentações. Algumas dicas para não ter complicações no CNPJ são:

  • realize uma boa gestão do negócio;
  • acompanhe entradas e saídas e datas de vencimento para evitar atrasos e inadimplência;
  • faça as declarações necessárias de acordo com o regime da empresa;
  • tenha o apoio de uma contabilidade;
  • consulte o CNPJ com frequência no site da Receita Federal e em órgãos de proteção ao crédito.

O que é a ferramenta de monitoramento de CNPJ?

Diversas ferramentas podem ser aplicadas na rotina corporativa para otimizar as atividades, reduzir erros e tornar a equipe mais produtiva. Hoje em dia, é comum o uso de softwares financeiros, softwares para gestão de estoque e logística, tecnologia para análise de dados e atendimento ao cliente, entre outros processos.

Nesse sentido, as ferramentas tecnológicas também podem ser aplicadas para facilitar a consulta de dados da empresa. Existem duas formas de consultar um CNPJ: com pesquisas manuais junto aos órgãos de proteção ao crédito ou com uma ferramenta de monitoramento, que permite um acompanhamento constante do documento de forma otimizada.

Muitas firmas contam com equipes reduzidas, e incluir as consultas manuais ao escopo de atividades pode não ser tão eficaz se elas não forem realizadas com frequência. Diante disso, a ferramenta de monitoramento se apresenta como uma boa solução, pois não sobrecarrega a equipe e fornece dados atualizados sobre o documento empresarial.

Quais são os impactos de monitorar o meu CNPJ?

A consulta de CNPJ é importante tanto para conhecer o perfil financeiro de seus clientes e minimizar riscos com atrasos no pagamento e inadimplência quanto para o próprio perfil da empresa.

Entender como o mercado avalia a companhia é uma medida relevante para adotar estratégias acertadas que podem contribuir com a obtenção de empréstimos e acordos comerciais mais vantajosos. Veja outros benefícios, a seguir!

Redução de fraude

O acesso à informação é bastante facilitado e, mesmo com toda proteção de dados, pessoas maliciosas podem conseguir os dados da empresa e utilizá-los para ações fraudulentas. Por isso, um dos impactos de investir em monitoramento do seu CNPJ é obter dados atualizados sobre ele e aumentar a segurança.

Além da dor de cabeça de ter que lidar com golpistas fazendo compras e se passando pela empresa, tal fato gera transtornos em médio e longo prazos, como dívidas e risco de negativação. Para não sofrer com essas situações, é importante acompanhar o documento da firma de maneira constante.

A ferramenta de monitoramento se torna significativa, pois permite descobrir situações como essas com mais rapidez e aplicar atitudes de correção para que o problema não fique ainda maior.

Redução de insegurança ao mercado

Você provavelmente aplica estratégias na política de vendas para minimizar os riscos do negócio, não é mesmo? Assim como a sua empresa precisa conhecer o perfil dos clientes para não ter problemas com inadimplência e golpes, outras companhias também fazem o mesmo.

Dessa forma, se você deseja estabelecer bons acordos comerciais deve cuidar do documento da empresa com atenção. Ter o CNPJ negativado, por exemplo, indica problemas com pagamento no passado e podem aumentar a insegurança dos contratantes.

Fazer consultas frequentes, ou investir no monitoramento de CNPJ, são boas soluções para acompanhar movimentações no documento e tomar atitudes rápidas caso haja alguma situação negativa. Assim, você evita que a informação se espalhe pelo mercado e afete o perfil financeiro do negócio.

Facilita a contratação de crédito

Muitas vezes, se torna necessário obter recursos financeiros externos para garantir a manutenção ou o crescimento do negócio — seja para arcar com custos da equipe, para aplicar inovações na empresa ou para lidar com crises e situações imprevistas.

Diante disso, mais um impacto do monitoramento de CNPJ é quanto à contratação de crédito. Banco e instituições financeiras analisam uma série de dados, incluindo informações sobre os sócios, antes de autorizar empréstimos e definir condições de pagamento e juros.

Ter um bom perfil financeiro, com o score elevado e o CNPJ regularizado e sem dívidas, são medidas imprescindíveis para conseguir crédito com boas condições.

Como monitorar o meu CNPJ com a ferramenta da Serasa Experian?

Uma das melhores maneiras de fazer o monitoramento de CNPJ é com o auxílio da Serasa Experian — a empresa tem o maior banco de dados da América Latina e pode fornecer informações atualizadas e precisas sobre o negócio.

Se você tem dúvidas sobre como monitorar o documento, saiba que o processo pode ser bastante simples! Ao contratar a solução Saúde do seu Negócio você conseguirá acessar informações com facilidade sobre o CNPJ para descobrir se há protestos, negativações, dívidas, entre outros dados. A ferramenta ainda é positiva para:

  • obter informações atualizadas sobre a empresa;
  • tomar atitudes rápidas de correção em caso de imprevistos;
  • proteger o perfil financeiro do negócio;
  • não sobrecarregar a equipe com a necessidade de consultas manuais;
  • minimizar erros, já que o processo é automatizado;
  • bom custo-benefício com duas opções de planos e possibilidade de pagamento mensal, ou anual com desconto.

Para fazer o monitoramento é necessário contratar o serviço. Há duas opções de planos que, além do monitoramento de CNPJ, permitem o monitoramento de CPF e oferecem assistente contra fraude. Além disso, no plano premium, é possível monitorar o documento dos sócios.

Depois de escolher o plano ideal, preencha o cadastro para finalizar a contratação. Nessa etapa, você deverá informar CNPJ, nome completo do contratante, e-mail, telefone celular e dados de cobrança.

Se tiver qualquer dúvida sobre a solução de monitoramento da Serasa, ou problemas durante a contratação, você pode falar com os consultores por telefone ou solicitar uma reunião virtual.

De quanto em quanto tempo devo visitar a plataforma?

A plataforma disponibiliza dados importantes como o Serasa Score, consultas do CNPJ por outras companhias, entre outras informações. Sendo assim, é recomendado analisá-la com uma certa frequência, a cada 15 dias ou mensalmente, por exemplo.

Contudo, isso não precisa ser uma preocupação. Uma das facilidades da ferramenta de monitoramento é receber alertas, por e-mail ou SMS, se alguém consultar, pré-negativar ou negativar o documento da empresa.

Além de monitorar o meu CNPJ, o que mais posso fazer com o apoio da Serasa Experian?

O crescimento e o sucesso de uma empresa dependem de inúmeros fatores. É preciso, por exemplo, contar com processos eficientes, profissionais capacitados e gestores atualizados sobre as melhores práticas do mercado para buscar soluções e diferenciais para o empreendimento. Nesse sentido, as soluções tecnológicas podem ajudar, e muito!

As soluções da Serasa Experian podem ser aplicadas em empresas de variados portes e segmentos e são positivas para otimizar as atividades e melhorar os resultados do negócio. Saiba um pouco mais sobre elas, a seguir!

Consulta de CNPJ ou CPF

A ferramenta é positiva para conhecer o perfil financeiro de seus clientes e definir condições de pagamento acertadas para reduzir riscos de inadimplência.

A consulta de CNPJ e CPF tem preço acessível e, dependendo do relatório contratado, você pode obter informações como dados cadastrais, dívidas anteriores, Serasa Score CNPJ, cheques devolvidos, entre outros dados.

Recuperação de dívidas

Mesmo aplicando todas as medidas para evitar maus pagadores, a inadimplência pode ocorrer. Nesse caso, você pode contar com a solução de recuperação de dívidas para realizar o processo de forma digital, fazer a cobrança por SMS ou e-mail e ainda incluir os dados dos devedores na base de negativados da Serasa Experian.

Monitoramento de clientes

A sua empresa também pode acompanhar os CNPJs de parceiros e da carteira de clientes. Assim, evita surpresas negativas e reduz risco de inadimplência e golpes, pois obtém informações atualizadas para a negociação.

A ferramenta de monitoramento de clientes da Serasa Experian conta com um plano gratuito, sendo possível incluir até 100 documentos. A medida é significativa para tomar decisões acertadas, não ter problemas com pagamento e garantir o equilíbrio de caixa e a saúde financeira da companhia.

Como você pôde perceber, a Serasa Experian conta com soluções significativas para proteger a empresa e melhorar os resultados. Monitorar os documentos do negócio e dos clientes são estratégias importantes para minimizar riscos. Já a ferramenta de recuperação de dívidas facilita a rotina da equipe ao tornar o processo digital e pode gerar resultados mais eficientes.

Esperamos que a leitura deste guia para consulta de CNPJ tenha sanado todas as suas dúvidas sobre como, quando e por que obter informações atualizadas sobre o documento da empresa. Não deixe de contar com soluções eficientes para levantar dados precisos e tomar decisões acertadas.

Gostou de saber mais sobre como monitorar CNPJ? Quer contar com essa solução para a sua empresa? Então, entre em contato com a Serasa Experian!

Publicada em 02/06/2021 - Fonte: Serasa Experian
Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: