Como consultar documentos de clientes para vender com mais segurança

Crédito
consultar documentos

Consultar documentos de clientes, seja o CNPJ ou CPF, é uma atitude importante para garantir vendas mais seguras nas pequenas e médias empresas. Afinal, em cenários desafiadores como os atuais, o número de inadimplentes tende a aumentar, o que pode comprometer as finanças e o crescimento da empresa.

Segundo dados da Serasa Experian, em dezembro de 2020, 61,4 milhões de brasileiros estavam inadimplentes. Os débitos estão relacionados a faturas com bancos, cartões de crédito, telefonia, varejo, serviços, utilities, financeiras e empresas de seguros. Sendo assim, antes de fechar um negócio, é fundamental analisar o perfil de pagamento de seus clientes para evitar atrasos, inadimplências, entre outras complicações.

Você sabe como fazer isso? Para ajudar nessa missão, neste artigo falaremos sobre a importância de consultar documentos como o CNPJ e o CPF antes de fechar uma venda  e como realizar esse processo.

Consultar documentos: a relação entre o CNPJ e o CFP para vendas mais seguras

Só quem já teve problemas com inadimplência de clientes conhece a dor de cabeça que isso dá. Além de representar um risco para o fluxo de caixa, em alguns casos a empresa ainda precisa contratar serviços de cobranças ou entrar com uma ação judicial para conseguir o pagamento, o que pode gerar custos extras e tempo.

Diante disso, tanto a consulta ao CNPJ quanto a consulta ao CPF são estratégias positivas para minimizar os riscos na venda. Como a empresa lida com diversos clientes, a ferramenta se torna útil para saber o perfil de pagador deles, estabelecer uma negociação mais segura e evitar situações negativas como atrasos, inadimplência e fraudes.

Quais problemas que podem ser evitados ao consultar documentos?

Fazer a consulta ao CNPJ e CPF é um procedimento simples, como mostraremos no decorrer do texto, e que pode evitar diversos problemas para o negócio. Veja, a seguir, alguns exemplos disso.

Inadimplência

Reduzir a inadimplência é uma das principais vantagens em consultar o CNPJ ou CPF de clientes antes de concretizar uma venda. Dessa forma, você consegue ter um maior conhecimento sobre os dados financeiros, sendo possível analisar pendências de pagamentos e fatores como cheques sem fundos e protestos estaduais. Essas informações fornecem mais segurança para vendas a prazo, por exemplo.

Dessa forma, você consegue ter um maior conhecimento sobre os dados financeiros, sendo possível analisar pendências de pagamentos e fatores como cheques sem fundos e protestos estaduais. Essas informações, que contemplam os dados positivos, fornecem mais segurança para vendas a crédito, por exemplo.

Desequilíbrio do planejamento financeiro

Inadimplências e atrasos se tornam um problema e tanto para a empresa, pois afetam toda a gestão financeira e podem comprometer o pagamento de despesas com fornecedores, funcionários, entre outros débitos. Diante disso, é importante ter um fluxo de caixa equilibrado e adotar estratégias para evitar atrasos nos pagamentos de clientes.

Golpes e ações maliciosas

Indivíduos mal-intencionados podem utilizar o documento alheio para realizar pagamentos sem fundo ao contratar serviços e comprar produtos. Ao consultar documentos, é possível avaliar o perfil do cliente com mais atenção e reduzir tentativas de golpes e fraudes.

Complicações na liberação de crédito

A estratégia é positiva para aprovar o crédito com mais eficiência e menos burocracia. Por meio do Score Serasa, que indica uma pontuação que vai de 0 a 1000, é possível descobrir a probabilidade do cliente manter os pagamentos em dia.

Sendo assim, quanto mais alto for o perfil do cliente, mais segurança você terá para oferecer compras parceladas ou com cartões de crédito. O sistema também é utilizado para liberações de empréstimo e financiamento.

O que você deve avaliar ao verificar o CNPJ ou CPF de um cliente?

Mesmo que você tenha clientes antigos e com bom histórico de pagamento, avaliar o perfil deles antes do acordo será algo significativo, afinal, instabilidades econômicas podem ocorrer a qualquer momento e isso pode influenciar na capacidade de pagamento. Diante disso, é recomendado adotar a verificação de CNPJ e CPF em todas as transações para vender com segurança e evitar problemas para a empresa no futuro.

Ao aplicar essa estratégia, a principal informação que você levantará é se a empresa ou pessoa têm pendências financeiras. Neste caso, se o documento consultado estiver fora do cadastro de inadimplentes, isso é um bom sinal e a transação pode apresentar um risco menor.

Contudo, ainda é possível fazer uma análise mais detalhada do perfil do cliente e obter informações como dados cadastrais, sugestão de limite de crédito, protestos estaduais e nacionais, ações judiciais, entre outros dados. Esse processo é positivo para negociações que apresentam riscos elevados, por exemplo.

Como pesquisar o CNPJ e CPF de clientes?

A melhor forma de pesquisar o CNPJ ou CPF dos seus clientes é fazer isso com uma empresa de consulta de crédito. Dessa forma, você obterá dados mais precisos para tomar decisões acertadas. A contratação geralmente é feita em pacotes com preços e características variáveis. Sendo assim, você deve analisar as necessidades do negócio para adquirir o pacote mais adequado.

Depois dessa etapa, o processo é bastante simples: basta digitar os dados no site de consulta para ter acesso às informações. É importante informar o cliente sobre esse processo para manter a transparência na transação. Algumas pessoas podem ficar incomodadas com isso, mas é essencial para garantir vendas mais seguras.

Conheça o Consulta ao CPF e CNPJ, a solução da Serasa Experian

O Consulta ao CPF e CNPJ da Serasa Experian é uma excelente ferramenta para evitar riscos nas vendas. Essa solução permite que você compre créditos para realizar as consultas que desejar em um período de até 6 meses. Há diferentes tipos de consultas, sendo:

  • consulta completa — oferece um relatório completo com informações sobre sócios, dados positivos, entre outros dados, como uma sugestão de limite de crédito calculada com base nos dados do cliente. Indicado para negociações de alto risco;
  • identificador de dívidas — nessa opção, você consegue avaliar se o cliente conta com dívidas vencidas e a situação cadastral;
  • consulta intermediária — é uma ferramenta positiva para conhecer de forma um pouco mais aprofundada o perfil de clientes que apresentam dívidas;
  • confirmação cadastral — permite verificar dados cadastrais completos e faturamento presumido.

O tipo de consulta dependerá do risco da venda e dos objetivos da empresa. Você ainda pode fazer uma simulação de consulta para descobrir qual o relatório ideal para o seu negócio.

O objetivo de toda empresa é vender para bons clientes, não é mesmo? Entretanto, não é possível descobrir isso sem uma análise detalhada. Dessa forma, consultar o CPF se torna uma estratégia acertada para estabelecer negociações adequadas, reduzir riscos e manter a estabilidade do negócio.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Precisa fazer consulta de CPF? Então, acesse o site e conheça a solução Consulta ao CPF e CNPJ da Serasa Experian!

Publicada em 08/01/2021 - Fonte: Serasa Experian
Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: