4 dicas para cobrar dívidas de clientes devedores

Finanças
4 Dicas para Cobrar Dívidas de clientes devedores

Existem diversos fatores que levam uma empresa ao sucesso. Basicamente, ela precisa de um modelo de negócio lucrativo e de uma ótima gestão financeira. No meio de tudo isso, é claro, estão os clientes, que podem se tornar devedores nos momentos mais inesperados. Nessas horas, você precisa saber como cobrar dívidas da melhor maneira, mantendo um relacionamento positivo com seus consumidores.

Afinal, quando o crédito vira um problema, é fundamental ter um plano de recuperação daquele dinheiro aparentemente perdido. Por sinal, a adoção de uma estratégia detalhada e precisa é capaz, inclusive, de retomar e fortalecer a relação da marca com o próprio cliente inadimplente.

Falando assim, parece fácil, não? E é! Você só precisa das ferramentas adequadas e de um bom planejamento.

Por isso, para que a Recuperação de Dívidas no seu negócio seja algo simples, criamos esse artigo. Nele, te mostramos como é possível cobrar dívidas de maneira organizada e efetiva. Confira!

O que é a recuperação de dívidas?

Sabemos que o nome é autoexplicativo. No entanto, para que a recuperação de dívidas seja completa, ela não deve se limitar a reaver o capital que ficou pendente. Ao mesmo tempo, ela precisa contemplar ações voltadas à manutenção ou ao resgate do bom relacionamento com cada cliente envolvido no processo.

Nesse sentido, a ideia é resolver a pendência da maneira mais amigável possível. O objetivo central é diminuir, ao máximo, os prejuízos decorrentes de atrasos ou do não pagamento de valores previamente acordados.

Qual é a importância da recuperação de dívidas?

Seja qual for a estratégia aplicada, a recuperação de dívidas pode ser feita antes de levar o débito a juízo. Desse modo, trata-se de uma solução para evitar o prolongamento do saldo devedor e do tempo do débito, ao ponto de arcar com custas processuais.

Vale dizer que, quanto maior o débito fica, menor é a probabilidade de receber o pagamento. Isso porque o montante acumulado tende a se tornar inviável para muita gente.

Além disso, a recuperação de crédito é vital para manter a taxa de inadimplência sob controle. Em cenários delicados, o índice é decisivo para que a organização sustente suas atividades até que a tempestade termine.

Como a recuperação de dívidas pode ajudar a aumentar sua receita?

Desde que você tenha um bom método à disposição, passa a entender e a agir de acordo com a situação de cada cliente. Esse é o primeiro passo para praticar uma cobrança de dívida amigável.

A partir daí, você tem a expectativa de não apenas receber o valor pendente, mas também, de contar com a volta de um bom consumidor. Mesmo que esse retorno leve algum tempo. Fato é que a maneira inteligente de cobrar dívidas causa um impacto positivo no cliente.

No momento em que precisar do tipo de solução oferecida pelo seu negócio, é provável que ele seja uma das primeiras opções. Se multiplicarmos o resultado pelo total de clientes endividados com a empresa, concluímos que a metodologia adequada aumenta a receita em intervalos de curto, médio e longo prazo.

Em um primeiro momento, o cliente quita o saldo em aberto. Depois, quando suas finanças estiverem restabelecidas — o que pode levar semanas ou meses —, ele reconquista sua posição de bom pagador.

Isso mostra como a política de crédito e a recuperação de dívidas são determinantes para o equilíbrio do capital de giro da empresa. Afinal, se quando você vai realizar uma venda importante, o caminho passa por consultar CNPJ e se proteger de todos os riscos atrelados a ela, se torna igualmente indispensável saber como ir atrás de um eventual prejuízo, recuperando uma dívida.

4 Dicas para cobrar dívidas de clientes devedores!

Existem diferentes maneiras de lidar com clientes inadimplentes. Certamente, algumas delas são ineficazes, sob o risco de se tornarem desastrosas para a imagem da organização.

Já outras se mostram ágeis e bem-sucedidas, sendo essenciais para a saúde financeira do seu negócio. Vamos, então, às dicas mais importantes!

Não ter medo de fazer a cobrança

Em primeiro lugar, é fundamental exercer o direito de efetuar a cobrança. De modo geral, as empresas têm certo receio de cobrar dívidas. Assim, elas se apegam à esperança de que, cedo ou tarde, o valor será quitado. Trata-se de algo ainda mais frequente nos casos que envolvem clientes antigos e assíduos.

O problema é que todos nós estamos sujeitos a imprevistos. Conforme as circunstâncias e a combinação de fatores, o descontrole financeiro atinge em cheio até os clientes que exibem um histórico impecável.

Por isso, é de suma importância que você realize a cobrança de dívidas até desses clientes. Afinal, se um débito está em aberto, ele precisa ser cobrado.

Ser atencioso

Na hora de reivindicar o acerto de contas, entretanto, é imprescindível adicionar uma boa dose de tato às tratativas. Isso vale para toda a base de clientes e, em especial, para aqueles que pertencem ao grupo mais lucrativo para os negócios.

Com as palavras e o tom de voz certo, é plenamente possível abordar o assunto de uma forma sutil, mas ainda assim, marcante. Às vezes, mencionar que o registro do pagamento X ainda não foi identificado é melhor do que falar a respeito de uma dívida, por exemplo.

Evitar conflitos

Definitivamente, pressionar seu cliente está longe de ser uma boa ideia. Se o propósito é reaver os valores pendentes, você deve demonstrar abertura para um diálogo franco e honesto.

Ao mesmo tempo, também precisa provar que realmente tem disposição para analisar o contexto e ajudar na resolução do problema. Uma saída é propor acordos com parcelas que caibam no bolso do consumidor inadimplente.

Não se trata de realizar parcelamentos a perder de vista, e sim, de pensar na elaboração de propostas diferenciadas e flexíveis. Assim, você evita que a marca seja encarada como vilã, causando um efeito positivo em quem está na outra ponta da negociação.

Organizar uma rotina de cobranças

Por fim, uma boa estratégia de cobrança necessita de uma rotina. Então, programar o envio de e-mails, SMS e mensagens pelo WhatsApp em intervalos regulares faz diferença no resultado final.

Na prática, você deve saber exatamente o que fazer nos mais variados status de dívida. Com uma régua de cobrança personalizada, as chances de sucesso de toda a operação são surpreendentemente maiores.

Com nossas dicas, cobrar dívidas deixa de ser algo complicado para se transformar em uma excelente maneira de proteger o caixa do seu negócio. Para facilitar ainda mais sua vida, é essencial contar com uma solução completa, desenvolvida para proporcionar otimizar todo esse processo.

Quer saber como isso funciona? Conheça os diferenciais exclusivos da recuperação de dívidas da Serasa Experian!

E, caso você queira entender ainda mais sobre como funciona a Recuperação de Dívidas e como a Serasa Experian ajuda o seu negócio a reaver os débitos de clientes atrasados, confira abaixo o Webinar que fizemos sobre o assunto!

Publicada em 05/04/2022 - Fonte: Serasa Experian
Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: